quarta-feira, março 31, 2004




PARABÉNS!... PARABÉNS!.... PARABÉNS!...


Hoje é dia de Aniversário!....
" Eu hoje faço 9 anos!..."
"Eu, se calhar vou ter uma bicicleta".- Luís

Hoje fizeram-me uma surpresa.

O meu bolo tinha lá um formula um.

Eu gostei muito da surpresa.

Este ano eu gostava que os meus amigos me dessem uma prenda e o propfessor também.

Hoje, se calhar, vão-me fazer outra surpresa...

segunda-feira, março 29, 2004



Olá Amigos!...
Hoje vimos contar-vos como foi o nosso Carnaval!...
Este ano o tema escolhido foi o nosso projecto Sócrates/Comenius...
“Trabalhando, de mãos dadas, por uma escola melhor” .
Assim, quisemos fazer os nossos fatos de Carnaval a partir das bandeiras dos países que fazem parte do nosso projecto: Espanha, Lituânia, Alemanha, Itália, Grécia e Roménia.
Ouguela, para nós, é uma “Escola e uma comunidade com vida!....”
Nós desfilamos com a Turma da Bandeira.
Foi muito divertido e, ao mesmo tempo, brincámos ao Carnaval e lembrámos os amigos da Europa com quem comunicamos através da Internet e para quem enviamos os nossos trabalhos...
Viva o Carnaval!... Viva Ouguela!... Viva Campo Maior!...
Viva Portugal e viva a Europa!...

quinta-feira, março 25, 2004


No dia 25 de Janeiro teve lugar matança do porco da nossa comunidade de Ouguela.
Todos trabalhámos muito na preparação e levantámo-nos muito cedo no Domingo.
Os dois porcos chegaram na carroça, com o Redondo. Depois foram descarregados e amarrados com uma corda.
Quem matou o porco foi o avó do Tiago e a D. Rosa apanhou o sangue num alguidar.
Depois foi necessário chamuscar o porco e esfregá-lo com uma cortiça.
O Redondo, nesta altura, foi descansar e comer um pouco de ração.
Nessa altura chegou a Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Campo Maior.
A seguir foi distribuída uma bebida e um bolo aos trabalhadores e a todos os presentes.
Os porcos foram desmanchados e no final só ficou o toucinho.
Junto ao lume , iam-se acabando as migas que eram meio à portuguesa, meio à espanhola, pois estavam soltinhas, mas não estavam secas.
Os nossos amigos conviviam e a festa continuava.
Foi então servido o almoço que eram as migas com entrecosto.
Então chegou o “Quarenta Bocas” !...
O “Quarenta Bocas” é o Macho que foi de Campo Maior a Lisboa, com a sua carroça, à inauguração do novo Estádio da Luz.
O “Quarenta Bocas” é do Sr. Carlos Mourato que é pai da Diana que pertence à turma da Bandeira.
A Diana mora no Monte da Serrinha e Brinca todos os dias com a Fátima e com a Elizabete.
No dia da Matança vieram todos à festa na carroça com o “Quarenta Bocas”. Foi uma festa e todos quiseram tirar uma fotografia com o macho mais famoso de Campo Maior.
A seguir o Sr. Eng. Tavares, que filmou a matança, pediu aos idosos para contarem algumas historias sobre as suas vidas.
Entretanto, a carne ia sendo desmanchada e os jovens iam animando a festa.
Esteve cá também o Fadista António Vieira e muitos outros amigos.
Depois de almoço contamos muitas histórias, comemos febras e esperamos pelas sopas de cachola.
As sopas cheiravam cada vez melhor e, assim que ficaram prontas, tocámos a sineta da D. Noémia e começou o jantar.

E todos juntos, à volta da fogueira ficámos a ouvir as histórias das outras matanças e a lembrar os tempos gloriosos de Ouguela…

segunda-feira, março 15, 2004





Em Ouguela, entre o Xévora e o Abrilongo....

Há muitas histórias que merecem ser contadas...
Há um mundo de magia, entre o sonho e a realidade...
Há castelos, reis… princesas e dragões...
Há uma comunidade com vida....
Que merece ser protegida e apoiada....
Aqui, em Ouguela, situa-se a nossa escola
Nós somos: o Eduardo, a Fátima, a Elizabete, o Luís e o Tom.
Nós convivemos diariamente com os nossos amigos
do Centro Comunitário…
E aprendemos muitas coisas em conjunto...
Juntos brincámos às comadres e aos compadres...
Juntos construímos o nosso presépio
Juntos descobrimos a nossa aldeia
E protegemos o meio ambiente…
Entre o Xévora e o Abrilongo...
Na nossa escola e no Centro Comunitário...
Recebemos todos os nossos amigos que participam nas nossas festas...
E que, com a sua alegria, nos fazem a todos mais felizes...
Já estudámos a nossa história com a ajuda do Dr. Rui Vieira...
E aprendemos muitas coisas sobre Ouguela
Depois fizemos um trabalho
E fomos a Espanha apresentá-lo com o Sr. António.
Só nós sabemos porque gostamos da nossa escola....
Mas queremos contar-vos para que nos ajudem a mantê-la viva...
Com os nossos amigos do centro Comunitário, plantámos árvores na nossa escola...
Realizámos experiências com sementes que foram ao espaço...
Recebemos e contámos a nossa história aos meninos de Campo Maior ...
E aos meninos de Espanha...
Aprendemos a fazer pão...
E cozemo-lo no forno comunitário de Ouguela.
Mostrámos a todos os vídeos das nossas visitas...
E plantámos a nossa horta...
Fizemos muitas festas...
Aprendemos a lavrar...
Aprendemos a construir um galrito ...
E a colocá-lo dentro de água.
Nós estudamos o ambiente e a nossa terra, porque acreditamos que...
Entre o Xévora e o Abrilongo....
Há um mundo de magia,
entre o sonho e a realidade...
Há um ambiente e uma comunidade com vida...
Que merecem ser estudados e protegidos...
Para isso contamos com a ajuda de muitos amigos...
De Porto Salvo, de Campo Maior , de Villar del Rey, das Fontainhas, de Ouguela, de Degolados... Que serão nossos amigos para s(i)empre!...
E gostávamos de contar também com a ajuda de todos vós para que a nossa escola e a nossa comunidade possam viver juntas e felizes para sempre...

sexta-feira, março 12, 2004

.
.
.
Olá queridos amigos do Colégio de Vallecas!...

Nós somos o Luís, o Eduardo, a Fátima, a Elizabete e o Tom.

Somos os alunos da Escola de Ouguela, em Campo Maior, Portugal.

Gostariamos de lhes enviar os nossos desenhos e de dizer que estamos muito tristes com tudo o que aconteceu em Madrid.

Mandamos um beijinho muito grande para todos vocês e para todos os vossos familiares.

Esperamos que tudo esteja bem com vocês.

Desejamos que possam viver sempre em paz e alegria por toda a vossa vida.

Queremos ser vossos amigos para siempre!...

Abraços e beijinhos da Elizabete, da Fátima, do Luís, do Tom e do Eduardo.


.
.
.
Ouguela, por ser Ouguela,
também é terra de pão,
também tem moças bonitas,
que encantam o meu coração!...

Neste primerio post, Vamos começar por propor uma visita à
A nossa página na Internet
Basta clicar, visitar e comentar...