<$BlogRSDUrl$>

Este blog será um espaco onde os alunos e a comunidade de Ouguela poderão partilhar com todos os amigos os seus sonhos...

  • Ouguela conVida...

    quinta-feira, abril 29, 2004

    A queijaria 

    Ontem fomos com a professora Monica a Degolados.
    Visitámos a Escola e o Jardim de Infância e visitámos a queijaria da Quinta de D. Carlos.
    Enquanto não tiramos as fotos da máquina, podem ver aqui como se faz o queijo na queijaria da D. Isabel e do Sr. António.
    A professora Mónica gostou muito da visita!....
    Beijinhos dos meninos de Ouguela e Degolados.

    Vejam aqui as fotos do ano passado!...

    A queijaria vista pela professora Monica (sem acento....)

    la visita al caseificio Quinta de Don Carlos e' stata molto interessante. Il Signor Antonio ha dato spiegazioni molto esaurienti e si poteva notare quanto per lui fosse importante poter tramandare questa antica tradizione.



    terça-feira, abril 27, 2004

    Manhã de Abril 

    Manhã de Abril
    Venturas mil
    Nos corações abertos,
    Dos portugueses,
    Enfim libertos!...

    Há uma face nova
    Em cada um de nós,
    E Portugal se renova
    No tom da nossa voz
    Que firme, forte, vibrante,
    Irrompe , por instantes, triunfal!
    Liberdade, Liberdade,
    Há liberdade em Portugal!...
    E choro, e rio de Felicidade,
    Mas numa profunda pena
    Misturada de saudade,
    Recordo os que lutaram
    E no caminho tombaram,
    Por esta mesma liberdade!
    Manhã de Abril,
    Venturas mil
    Nos corações abertos,
    Dos portugueses,
    Enfim libertos!...

    Professora Domingas Valente,
    Abril de 1974



    Viva Abril!...

    sexta-feira, abril 23, 2004

    Trabalhando, de mãos dadas, por uma escola melhor... 



    Hoje recebemos a visita da professora Mónica Gastaldi da Escola de Loano, em Itália.
    A Escola de Loano pertence ao nosso Projecto Europeu, Socrates Coménius.
    A professora chegou no dia 20 de Abril, terça-feira e vai visitar todas as escolas do nosso agrupamento.
    Vai visitar Campo Maior, Ouguela e degolados.
    A professora fala italiano, mas nós percebemos quase tudo o que ela diz...
    Ela também percebe muitas palavras em português...
    A professora Mónica é profesora de Alemão em Itália.
    A sua mãe nasceu em Berlim e o seu pai é italiano.
    Juntos vamos fazer muitas coisas divertidas e vamos poder mostrar o nosso concelho.
    Viva Ouguela!...
    Viva Campo Maior!...
    Viva o Alentejo!...
    Viva Portugal!...

    segunda-feira, abril 19, 2004




    Hoje o Sr. Dionisio fez 74 anos!...
    O seu nome completo é Dionisio Martins Silva.
    A D. Isabel ofereceu-lhe um bolo muito bonito.
    Cantámos-lhe os parabéns e o senhor Dionsio, quando apagou as velas pediu dois desejos:
    - Saúde e dinheiro para toda a sua vida!...
    Hoje o Sr. Dionisio está um pouco adoentado porque tem a tensão arterial elevada.
    O Sr. Dionísio foi carreiro na referta, foi pastor nas lezírias de Ouguela, foi cozinheiro e padeiro no Baldio de Arronches e aprendeu a fazer cestos e galritos nas lezírias do Xévora e do Abrilongo . Também aprendeu a fazer tarros com o pai do Dr. Amiguinho. Sabe fazer cadeiras e "deitar-lhe" fundos de bunho...
    Aprendeu a limpar oliveiras e a ceifar...
    O senhor Dionisio já fez muitos anos.... e esperamos que continue de saúde por muitos mais anos...
    Para o ano esperamos comer mais bolo dos seus anos!...
    Muitos Parabéns!...

    domingo, abril 18, 2004

    A pedra... 



    Conta a lenda que Nossa Senhora da Enxara apareceu sobre uma Pedra...
    A mesma que está debaixo da imagem na Igreja da Enxara...

    Conta-nos o Sr. António "Camões"

    "Eu sempre conheci a pedra..
    A pedra estava na sacristia, onde também existia a padiola com que transportavam a pedra para a ribeira, quando o povo queria que chovesse.
    Era uma padiola em madeira.
    A igreja, antes, estava rebocada.
    A família Minas mandou picar e rebocar as paredes e as imagens não se viam…

    A Enxara era propriedade da família Minas desde 1700.
    Mas até 1942 foi propriedade do capitão Piedade que, depois, a trocou com a família Minas….

    A festa acabou em 1910... e a Igreja foi abandonada….

    Até ser recuperada, lá metiam palha e carvão…
    Lá se engordavam os porcos e dormiam as vacas….
    Faziam lá lume, arrumado à parede

    A Igreja foi doada à Santa Casa da Misericórdia de Campo Maior.
    Foi para lá que foi o sino.
    O provedor da Santa Casa era o Sr. Dr. Gama, irmão da D. Sofia Minas.
    Mas, naquela altura deixou de haver festas…e a Igreja ficou abandonada...

    A ultima festa na Enxara foi realizada em 1910...
    Esta festa era realizada em Setembro…
    A festa deixou de se realizar porque foi assassinado o Rei D. Carlos...

    Naquela altura havia lá um Lustre e a Santa tinha muito ouro...
    Estavam lá também duas pias de pedra com água benta… para os baptismos...
    Quem se lembrava eram os dois netos do sacristão que estava na igreja e que contaram .... (ao sr. António) – José Pires Solano e Manuel António Carapeto “Cassaca”.
    A primeira festa (depois da reconstrução) voltou a ser em 1970.
    Durante 60 anos, não houve festa na Enxara.
    Finalmente em 1970 a Igreja foi recuperada e a tradição voltou à Enxara..."

    Desde então, a imagem de Nossa Senhora voltou a ao seu lugar, em cima da mesma Pedra onde apareceu a uma menina...

    sábado, abril 17, 2004







    Ouguela... Olivença... e o Tratado de Alcanizes...

    O tratado de Alcanizes consagrou portuguesas estas duas pérolas da campina alentejana...

    Mas a história que as juntou... voltou a separá-las...
    Lembram-nos os "Amigos de Olivença" que...

    "Passam, hoje, 193 anos sobre a data em que Olivença, pela última vez, viu ondear nas suas muralhas – soberana – a Bandeira Portuguesa.

    Naquele 15 de Abril de 1811, decorria a Guerra Peninsular, tropas portuguesas do exército luso-britânico levam de vencida as forças napoleónicas que anteriormente tinham desalojado da Praça o ocupante espanhol e, guarnecendo-a com soldados da 9.ª Brigada, restauram a soberania de Portugal.

    Todavia, no mesmo dia, Beresford, comandante das forças anglo-lusas, cumprindo ordens de Wellesley (Duque de Wellington), apesar dos protestos das tropas portuguesas e perante o desespero dos oliventinos, determina a entrega da Praça às autoridades espanholas.

    Aos oliventinos, continuando a ser portugueses na reserva dos seus corações e no recato dos lares, restou-lhes aguardar por Justiça.
    "

    Hoje Olivença é chamada de "Embaixadora de Portugal na Extremadura...
    E Ouguela... continua a sua luta pela sobrevivência...

    quinta-feira, abril 15, 2004



    E foi aqui que há 36 anos a tradição recomecou...
    O povo sempre brincara nas ruinas da capela, onde a familia Minas guardava as suas vacas e a palha para as alimentar no Inverno...
    O coração do povo de Ouguela conquistou vários clérigos que por aqui passaram que, um após outro, tentaram promover a reconstrução...
    Após alguns anos de luta a Igreja abraçou o sonho dos ouguelenses e a Nossa Senhora da Enxara voltou a subir para cima da Pedra de onde, hoje, vigia Ouguela.
    Lá no Alto, a antiga Búdua resiste dois milénios após ter sido eleita pelos romanos...
    Ninguela conservou a herança que árabes e cristãos perpectuaram com o nome de Ouguela...
    Ouguela tornou-se portuguesa pelo tratado de Alcanizes...
    Lá, no cimo do monte, as muralhas do Castelo reconstruido por D. Dinis são o testemunho da sua grandeza....
    A eleita por Romanos, árabes, e cristãos, vê-se agora ameaçada pelo esquecimento...
    Os Ouguelenses descem agora ao Xévora... e já pensam em atirar a pedra da Virgem ao rio... não porque não tenha chovido... mas para que a graça de Nossa Senhora da Enxara lhes valha e lhes permita voltarem a ver a sua Ouguela recuperada e cheia de vida!.....


    segunda-feira, abril 12, 2004



    E assim se cumpriu a tradição em Ouguela....
    A procissão de hoje, assinalou o final dos festejos Pascais, no Santuário de Nossa Senhora da Enxara.
    Muitos Ouguelenses vieram de longe... e voltaram a casa nestes dias de festa; muitas familias acamparam na ultima semana nas margens do Xévora... Para alguns, esta tradição repete-se há mais de 20 anos, desde que a luta do povo de Ouguela conseguiu, finalmente, restaurar e devolver ao culto a Capela da sua padroeira.
    O sagrado e o profano de mãos dadas, naquilo que é, acima de tudo, uma festa da família.
    Entre o Xévora e o Abrilongo, viveram-se momentos de alegria... graças à devoção dos ouguelenses, dos filhos na diáspora e graças ao povo de Campo Maior que sente a Enxara como o seu lugar espiritual por excelência...
    Ouguela conVida!...

    sábado, abril 10, 2004



    É tempo de romaria, acampamento e festa na Senhora da Enxara!...
    Quem puder, não falte!...

    Lenda da Igreja de Nossa Senhora da Enxara

    Diz a tradição que estava uma mulher da vila a lavar a roupa no rio, acompanhada por
    uma filha pequena. A dado passo, a criança afastou-se para brincar, e, pouco tempo
    depois regressou trazendo um brinco em ouro que disse ter sido oferecido, para brincar,
    por uma senhora muito bonita.
    A mãe acompanhou a criança ao local onde esta disse estar a Senhora, e lá se deparou
    com a imagem de Nossa Senhora sobre uma pedra redonda que ainda hoje se
    encontra na capela. Espalhada a notícia do achado, a população acorreu em massa
    e devotadamente transporta para a vila a imagem, decidindo erigir uma capela na
    margem direita do rio, a meio caminho entre a citada pedra e a vila. Porém, todas as
    manhãs a imagem desaparecia e voltava a surgir sobre a pedra em que originalmente
    havia sido vista. Concluíram então ser esse o local escolhido para nele erguerem a
    Capela.



    Lenda da Pedra


    Além da lenda que está ligada à construção da Capela de Nossa Senhora da Enxara, há a
    registar uma outra relacionada com a mesma Santa que diz respeito à pedra redonda
    sobre a qual está assente, dentro da Capela a imagem Santa.
    Diz o povo que quando não havia água nem chovia, se realizava uma cerimónia, um
    ritual em que os habitantes deitavam, por preces a pedra ao rio, para que a Nossa
    Senhora fizesse chover. Tal acontecia, procedendo-se então ao ritual inverso que
    consistia em retirar a pedra do rio, colocá-la novamente na Capela e sobre ela
    recolocar a imagem.

    Mais dos nossos amigos....

    Nestas férias, Ouguela está na net...

    O nosso amigo WR do
    forum comunitario diz-nos...
    "Projectos como o de Ouguela, merecem ser acarinhados e não só apoiados como, sobretudo, integrados em projectos mais alargados de desenvolvimento local, em tantas regiões do interior do país, como aliás, com outra configuração, no seio das próprias áreas metropolitanas."

    A Praça da República em Beja refere que...
    "OUGUELA Vem no mapa. É Alentejo. O Alentejo do interior que não se quer escondido. E que nos vem fazer companhia."

    Os nossos amigos do alentejanando...
    "Viva o Alentejo vivo... A comunidade e a escola de Ouguela têm um blogue . Prá frente rapaziada..."

    O amigo JVC do blog professorices... refere...
    "Um exemplo a referir ...a escola de primeiro ciclo só tem cinco alunos. Pois estes cinco miúdos são, provavelmente os nossos mais jovens bloguistas "

    De Silves, o Local & Blogal... conta-nos uma visita do amigo Antonio a Ouguela, no Verão de 2002...
    "esta Ouguela Com Vida, que teima em sobreviver, trinta anos depois da grande esperança do 25 de Abril..."
    ... Um período de grande mudança gerou muitas emoções nesta "terra de pão".

    O amigo Eduardo do Bloguices diz-nos ...
    "Eu vou dar uma vista de olhos pelo Alentejo visitando, virtualmente, a linda localidade de Ouguela. "
    Esperamos que tenha gostado e que volte sempre...
    Ouguela ConVida!...

    É bom ver que existam lugares assim, confessa este novo amigo ...

    O amigo Santa Cita diz que: " Vagabundeando encontrei Ouguela com Vida. Uma comunidade escolar que aproveita, e bem, as novas tecnologias para quebrar barreiras de distancia e fazer novas amizades."

    João Fernandes, o nosso amigo do blog Terras do Nunca refere que o enternece a ideia deste blog de aldeia...

    E de Agnes Martin , recebemos este lindo post do blog A Montanha Mágica que envia " Muitos parabéns aos alunos da Escola de Ouguela. Um grande abraço para todos vocês. Se puder ser do tamanho do Alentejo, que amo, melhor"

    Um abraço nosso a todos também!...

    sexta-feira, abril 09, 2004

    Do nosso amigo Manuel Azinhal...

    "Já foram a Ouguela?

    Nem sabem onde fica, não é? Podem então aproveitar o trabalho da escola de Ouguela e ganhar conhecimento, ainda que seja só virtual. Visitem a página Ouguela e o blogue também.
    Que magnífico exemplo do que pode fazer uma escola - professores, alunos - mesmo numa comunidade desertificada e envelhecida! Os nossos amigos de Geografismos, e Da escola, têm aqui muito em que se louvar. Isto não são abstracções sobre "internet no meio escolar"; são extraordinárias realizações que dão vida a uma comunidade inteira.
    É o primeiro blogue de terras camponesas... e já tenho a minha fala presa, não posso cantar melhor! "

    Vejam também o artigo do nosso Vizinho de Degolados que diz que "é precisamente na altura do ano em que mais me recordo de Ouguela, muito por causa da festa da Nª Sª da Enxara. Agrada-me saber que Ouguela não morreu"...

    segunda-feira, abril 05, 2004

    Vamos ver o que dizem alguns dos nossos amigos da blogosfera sobre ... Ouguela...

    " sei bem o que é teimar Viver no interior deste País onde muitos de sentem esquecidos e abandonados...
    Falo e escrevo disso, porque o sinto na pele em relação à falta de respeito de governos sucessivos... têm tido por regiões mais desafortunadas pela ausência do litoral... e que Lisboa teima em tornar cada dia mais longe... tratando uns filhos e outros enteados!
    A propósito... sabem onde fica Ouguela? E Degolados? "
    MMM


    " E, aos amigos de Ouguela, apenas me resta dizer que não podem deixar-se resvalar para o esquecimento e o ostracismo. Lutem para que os olhos dos portugueses se voltem para vós, contra o centralismo sul-americano de Lisboa."
    Marquis de La Croix


    "Eu concordo que as coisas vão mal...
    (...)
    É preciso mostrar trabalho de qualidade, gente empenhada que saiba o que quer fazer duma região e começar a trabalhar em conjunto para isso...
    Aquilo que Ouguela fez é um começo..."
    MMM

    "Concelho de Campo Maior, Alto Alentejo, pois claro. Conheço muita gente que se está a mudar para terras como esta, a construir lá as suas casas e uma nova vida. Sim, somos nós que damos VIDA às terras. Conheço bem mais pessoas a mudar-se para lá do que para os grandes centros. E quanto a Espanha, não é o melhor destino...vejam a taxa de desemprego !
    Força Ouguela, é a trabalhar que se constroi. "
    PP

    "Foi um prazer dar a conhecer Ouguela e os seus 100 habitantes que tanto carinho merecem de todos pela teimosia de quererem (

    sexta-feira, abril 02, 2004




    Hoje fizemos a nossa galinha da Páscoa.
    Ela tem muitos ovos de chocolate e muitas amêndoas.

    A galinha do Eduardo chama-se Galinha Põe-Põe...
    A galinha do Tom é a Galinha Pirata...
    A galinha do Luís é a Galinha Não-Sei...
    A galinha da Fátima chama-se Galinha Pantufa...
    A galinha da Elizabete chama-se Galinha Bolinha...
    A galinha da Iria (que nos veio visitar) chama-se Galinha Imaginária....

    E este coelhinho foi-nos enviado pelos amigos de Nuzedo com esta mensagem...

    "amiguinhos! Queremos desejar-vos a todos uma Boa Páscoa.

    Beijinhos.

    Alunos e professores da escola de Nuzedo- Vila Pouca de Aguiar"


    Beijinhos do Tom, do Eduardo, da Iria, da Fátima, da Elizabete e do Luís.

    Uma Páscoa Feliz para todos vocês!....


    quinta-feira, abril 01, 2004

    Bem, era a brincar... Ouguela ainda não está recuperada....
    Mas é verdade que nós vamos pedir ajuda a todos para recuperar a nossa terra!...
    Este vai ser o nosso projecto de Escola :
    Ouguela com vida!...
    Vamos perguntar a todos os habitantes qual a sua opinião e vamos pedir à Câmara Municipal de Campo Maior para que, nas suas reuniões, falem da recuperação do Palácio do Governador, da reconstrução das casas antigas de Ouguela, da construção das novas habitações e do arranjo dos caminhos rurais.

    Um dia, a nossa aldeia vai voltar a ter vida e vai ficar ainda mais bonita!....

    This page is powered by Blogger. Isn't yours?